Amapá para Foodies · Gastronomia

AMAPÁ PARA FOODIES apresenta: Chef DOM GARCIA. Gastronomia mediterrânea com toque amapaense. História e receita de Paella.

O post dessa semana vai ser um tanto que diferente e trazer novidades pra vocês!

A partir de agora o blog vai ter uma coluna nova chamada AMAPÁ PARA FOODIES (foodie = termo usado para definir pessoa apaixonada pelo consumo, estudo, pesquisa, preparo de pratos, programas de culinária, notícias, qualquer coisa relacionada ao mundo da gastronomia. Basta se identificar com algum desses interesses pra ser um foodie. Você não precisa nem saber cozinhar).

Nessa coluna pretendo trazer o que há de melhor na gastronomia desse Estado que tão bem me acolheu, tanta coisa boa me trouxe e que é minha morada há muitos anos. Nada mais justo numa terra que tem muito a oferecer nessa área, repleta de maravilhosos sabores típicos da Amazônia e de sabores de muitos outros lugares do mundo também. Afinal, não adiantava apenas falar sobre o que experimento em outros locais mais distantes e não valorizar o que tá aqui tão pertinho, não é?

Então, além dos posts tradicionais, com dicas de viagens e gastronomia dos lugares que viajo, também vou trazer pra vocês indicação de restaurantes, lugarzinhos gourmet de todos os tipos, eventos gastronômicos e perfis dos principais chefs do Estado do Amapá.

macapá
Macapá-Amapá-Amazônia-Brasil (foto da internet

Claro que sozinha eu não conseguiria fazer isso! Nessa empreitada conto com o apoio do Rodrigo Monteiro, que, por acaso, vem a ser meu querido marido, companheiro de aventuras gastronômicas e o maior foodie que eu conheço! Meu grande influenciador e que me despertou o interesse pra escrever sobre Gastronomia, ele é antes de mais nada um cozinheiro de mão cheia! Por conta dos muitos pratos que vive elaborando, ele se dedica, participa de cursos, pesquisa, estuda e vê muito conteúdo sobre o tema. Eu escreverei aqui pra vocês mas do meu ladinho estará ele, me dando dicas, sendo meu consultor e me inspirando!

_SAM0089.JPG
Barcelona-Espanha, abril de 2017

E pra inaugurar essa coluna, convidamos o chef Dom Garcia para um bate papo, regado a boa comida e boas histórias de viagem e gastronomia. 

Conto tudo a seguir pra vocês…

sam3043.jpg
No meio dos chefs.

O Dom Garcia dispensa apresentações pra maioria dos conhecedores da cena gastronômica do Amapá! Ele é, sem dúvida, um dos chefs mais famosos e conhecidos da região. Eu e o Rodrigo conhecemos seu tempero assim que chegamos em Macapá, em 2010, no antigo restaurante Dom Garcia, e desde então viramos fãs de seus pratos, de sua criatividade e de toda a experiência gastronômica que ele sempre nos oferece.

DOM GARCIA

Já pra quem não conhece, eu apresento Luiz Fernando Pinto Garcia Júnior, um carioca de coração amapaense, que mora e atua no Estado há mais de 24 anos. Começou a cozinhar cedo, com apenas 14 anos, e quem lhe introduziu a esse universo foi sua mãe. Quando tinha festa em casa ela contratava um cozinheiro profissional e lá ficava ele, na cozinha, admirando todo aquele trabalho e aprendendo as técnicas da profissão. Aos 17 anos passou a desempenhar tal função profissionalmente.

Comandou a cozinha de diversos restaurantes na cidade de Macapá e também no Rio de Janeiro-RJ e como consultor gastronômico foi responsável pela elaboração da carta de inúmeros bares e restaurantes da capital amapaense e atuou, também, como personal chef, oferecendo seus serviços gastronômicos em domicílio, com menus personalizados e aulas para os clientes em casa. Em julho de 2017 reabriu o Restaurante Dom Garcia em novo endereço em Macapá.

Seu talento foi, inclusive, reconhecido nacionalmente, tendo recebido no ano de 2014 o cobiçado PRÊMIO NACIONAL DOLMÃ, prêmio que avalia os principais chefs de cozinha de cada Estado e do qual é hoje em dia Chef Conselheiro. No ano seguinte, foi nomeado Embaixador da Gastronomia do Amapá, passando a representar o Estado em eventos e feiras, divulgando nossa Gastronomia para todo o Brasil. 

RAF_0928
Prêmio Dólmã 2014: o prêmio máximo da Gastronomia brasileira

Sua experiência é em Gastronomia Internacional e Brasileira e ele nos apresenta uma cozinha autoral, “le fusion”, contemporânea, mas com o diferencial de sempre valorizar os produtos brasileiros de cada região. Segue atualmente a linha “slow food”, onde o alimento e sua origem integram o trabalho de gastronomia realizado.

com os chefs
Com os grandes chefs Alex Atala e Bel Coelho

Já sua influência internacional vem sobretudo da Gastronomia Mediterrânea e de toda a experiência e conhecimento que adquiriu nas viagens que já fez.

E falando em viagem, assunto que, claro, não pode faltar nesse blog, ele me contou detalhadamente sobre duas vezes que foi a Europa, uma no ano de 2009 e outra em 2013.

Na primeira delas, que ele considera um divisor de águas em sua carreira, passou 45 dias entre Espanha (Madri e Pamplona), França (Bourdeaux e Paris), Bélgica (Bruxelas e Bruges), Holanda (Amsterdã), Inglaterra (Londres) e Itália (Roma), com o propósito de buscar conhecimento na área e, como um bom gourmet viajante, visitou inúmeros restaurantes e experimentou a comida local.

Durante essa viagem, em Pamplona, na região de Navarra, Espanha, teve a oportunidade de participar de um curso de comida Basca e de conceitos da Gastronomia “Nouvelle Cozine” no Restaurante El Embrujo, além de poder vivenciar a maravilhosa experiência de atuar nesse mesmo restaurante, nesse país que tanto se destaca por sua cozinha inovadora, ingredientes e sabores, e que é um dos berços da gastronomia Mediterrânea. 

Chefe Pablo, Garcia e Arsian-Rest. EMBRUJO-PAMPLONA
Com os chefs Pablo Cadena e Arsian no Restaurante El Embrujo

Em 2015, ele retornou à Espanha e visitou as cidades de Madri, San Sebastian, no País Basco, e La Coruña, na Galícia, região famosa pelos produtos do mar, onde pôde apreciar a atividade pesqueira, as fazendas de criação de mariscos, fábricas e sua industrialização dos produtos pesqueiros, e participou, inclusive, de projeto e estudo para viabilização de importação de alimentos industrializados e de conservas de pescados.

 

madri
Mercado de San Miguel em Madri-Espanha

 

 

 

botin
No Restaurante Sobrino de Botin, em Madri, o restaurante mais antigo do mundo em funcionamento.

 

Bem, só sei que depois de todo esse relato eu passei a admirar ainda mais seu trabalho e confesso que fiquei morrendo de vontade de voltar a Espanha, ainda mais após ter provado as tapas e a maravilhosa paella de frutos do mar que ele aprendeu por lá e ensinou o Rodrigo a fazer durante o bate papo que tivemos.

jantar do dom.jpg

Por falar em paella, o prato espanhol mais emblemático que existe, aprendi com o Dom Garcia que esse nome tem uma origem bem poética. Surgiu do hábito do camponês, que após longos períodos no campo, chegava em casa trazendo os frutos de seu trabalho e com isso preparava esse delicioso prato para sua amada, ou seja, “para ela”. 

E pra terminar esse post, o Dom nos presenteou com a receita da paella de frutos do mar que preparou, adaptada à nossa realidade do Amapá, substituindo a lagosta pelo camarão pitu, típico da região. Não tinha forma mais gostosa de encerrar essa conversa, não é?

paella do dom
Paella do Dom

 

RECEITA DE PAELLA ESPANHOLA COM TOQUE AMAPAENSE (CHEF DOM GARCIA)

Ingredientes:

  • 500g Camarões rosa G limpos

  • 500g anéis de lulas limpas e em rodelas

  • 1Kg de polvo

  • 1kg de camarões pitus

  • 100g pacote de ervilhas frescas congeladas

  • ½ kg de arroz parboilizado

  • Pasta de alho

  • 1 cebola grande picada

  • pimenta do reino moída

  • Páprica picante

  • caldo de camarão / Legumes/ Pitu

  • ½ garrafa de vinho branco seco

  • Salsa

  • Manjericão

  • Pimentões coloridos

  • 150g de azeitonas pretas/ verdes graúdas

  • limão

  • açafrão

  • azeite

Modo de Preparo:

  • Lavar os frutos do mar no limão separadamente.

  • Colocar para ferver o Polvo em panela aberta por 45 minutos até que ao espetar com o garfo ele esteja macio, apenas um pouco de sal na agua.

  • Colocar as lulas em anéis para ferver por 15 minutos com um pouco de açafrão e páprica.

  • Depois de cozidos, lavar e escorrer os frutos do mar, juntar o camarão cru em uma vasilha e reservar.

  • Em uma panela separada botar os Pitus para ferver com sal, páprica, açafrão, salsa, pasta de alho, salsão, cenoura em bastante agua.

  • Acrescentar um pouco de suco de laranja, acrescentar os temperos secos, a pasta de alho, açafrão, páprica picante, azeite um pouco de vinho branco e reservar.

Aquecer a Paelleira, colocar o azeite, a cebola, a pasta de alho, o açafrão e deixar dourar, em seguida acrescentar o arroz e refogar. Colocar primeiro o vinho branco seco, deixar reduzir e ir acrescentando os frutos do mar aos poucos e ir mexendo. Em seguida acrescentar o caldo de mariscos ate cobrir a Paelleira, ajeitar os pimentões, as azeitonas, ervilhas e por ultimo os camarões e pitus. Colocar cheiro verde e manjericão fresco.

Esperar secar o caldo até que o arroz fique cozido, mas ainda molhado, regar com azeite e servir.

Rendimento: 6 porções.

5 comentários em “AMAPÁ PARA FOODIES apresenta: Chef DOM GARCIA. Gastronomia mediterrânea com toque amapaense. História e receita de Paella.

  1. Ótimo texto Aline. Muito legal a idéia de valorizar a gastronomia Amapaense. Confesso que quando me afasto do Amapá é da comida que mais sinto falta. Uma enorme variedade de pratos. Vou ficar esperando um post sobre a história e as delícias do Cantinho Baiano, meu point predileto.

    Curtir

    1. Olá, Dr. Ulisses! Que bom vê-lo por aqui! Tenho certeza que não me faltará material e muito para falar sobre a gastronomia desse Estado tão querido. Ah, e eu preciso lhe agradecer! Vc é um dos grandes colaboradores do blog, sabia? O desejo de criá-lo é antigo mas a coragem de fazê-lo veio depois um comentário seu. Um dia eu lhe explico tudo! Abs e não deixe de curtir a página no Facebook e no Instagram!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s