Gastronomia

Você sabe o que é SLOW FOOD?

Muito comentado nos últimos tempos, o SLOW FOOD (ou em livre tradução: “comida lenta”) é um movimento criado em 1986 pelo italiano Carlo Petrini, na cidade de Bra, norte na Itália, que se transformou numa organização não governamental e vem sendo cada vez mais difundido para o mundo todo.

 sloW FOODTem como principal intuito proporcionar que as pessoas passem a apreciar a gastronomia como um todo, valorizando o prazer de comer, incentivando refeições sem pressa, onde se saboreia o alimento e tudo o que ele passou até chegar ali no prato.

 SLOW TABLE.jpeg

Ele é exatamente o contrário do FAST FOOD (comida rápida, feita com alimentos processados, industrializados, produzidos em larga escala, de forma padronizada).

 fast-food

Já explico.

No SLOW FOOD o alimento é valorizado em toda sua cadeia produtiva, do início do processo até chegar ao consumidor final, estimulando, consequentemente, uma alimentação mais saudável e uma agricultura sustentável.

Dessa forma, se passa a conhecer o alimento, sua origem, sua procedência, quem o produz e como ele é produzido, aproximando, assim, os co-produtores (os que consomem os alimentos) dos produtores (os que cultivam os ingredientes), e sempre com a preocupação do impacto gerado na natureza e sua influência no modo de vida de uma Sociedade.

cenouracenoura2

Seu lema é “Bom, limpo e justo”. Bom porque o alimento deve ser gostoso. Limpo porque o alimento deve fazer bem à saúde de quem o consome e sem prejudicar o meio ambiente. Justo porque durante todo o processo produtivo deve oferecer condições de trabalho justas para os produtores, que devem receber sua contraprestação por esse trabalho de forma digna.

Outro ponto positivo do movimento é a valorização da culinária tradicional, da herança deixada por nossos antepassados em relação ao preparo dos alimentos, gerando a preservação, assim, dos costumes locais, sabores e receitas passadas de geração em geração.

 FOGÃO DE BARRO

Quem melhor explica tudo isso pra gente é Dom Garcia, chef do Amapá, que atualmente é um dos adeptos do SLOW FOOD e vem lançar no mercado amapaense uma nova proposta de Gastronomia de Rua, visando levar esse conceito para as pessoas que apreciam a gastronomia de verdade mas com sabor de responsabilidade.

slowfood2

slowfood3
Food Truck durante evento da cervejaria Trina no último dia 07/07/2017, em Macapá-AP

Segundo ele: “a tendência hoje no mercado é o cuidado com o que profissionais estão tendo com seus produtos, para oferecer o alimento com uma identidade regional, valorizando sua cultura local, costumes e ao mesmo tempo preocupado com o que é politicamente certo. Valorizar o pequeno produtor e dar credibilidade a um produto orgânico que não gera impacto na natureza. O conceito de ‘abrir menos coisas’, de consumir menos produtos industrializados, descartáveis, que geram lixo, é uma das vertentes do SLOW FOOD. Essa é a minha visão macro de um olhar profissional para o mercado em Macapá. Atividades comerciais como feiras, mercados e encontros de pequenos produtores que produzem e expõem com qualidade seus produtos para os clientes diretos. Consumidores finais sem atravessador viram co-produtores e adotam esse conceito para comercializar e valorizar a produção local. Isso gera um impacto direto na economia local, a ‘Economia de Entorno’. A sociedade ganha com qualidade e preço, aproximando as pessoas mais uma das outras. Antes desconhecidos produtores, que são os responsáveis por inúmeros alimentos da cadeia produtiva, passam a ter um contato direto com empresários locais de diversos segmentos e passam a trocar ideias para fomentar suas necessidades, aumentando a gama de produtos para os produtores e os compradores. Menor impacto na natureza, qualidade, preço e produtos regionais com procedência e identidade cultural fazem parte desse pensamento, que me torna também um co-produtor, que ama a Gastronomia e a respeita com essa nova visão de mercado”.

E aí, o que acharam desse novo conceito de gastronomia?

4 comentários em “Você sabe o que é SLOW FOOD?

  1. Cada vez mais gostando do blog. Esse assunto é muito interessante. A qualidade da alimentação é determinante para termos uma vida saudável. Não podemos achar que o ideal é a praticidade, no caso, o fast food. É só ver do que as pessoas morrem hoje em dia: cäncer, AVC, infarto e assim vai. Todos eles têm relação com a comida.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s