Viagens

O que fazer em SEVILHA: guia de atrações e lugarzinhos imperdíveis

Tem post anterior aqui no blog no qual eu conto a experiência de estar em Sevilha por exato um mês, porém ficou faltando falar um pouquinho mais sobre a capital andaluz…

Um mês em SEVILHA (Espanha): conhecendo a capital da Andaluzia

Se ainda não viu minhas impressões sobre a cidade, não deixe de conferir esse link acima e depois vem comigo conhecer seus lugares imperdíveis, das atrações mais famosas aos lugarzinhos encantadores que só descobri estando por lá!

DSC_0681.JPG
Sevilha tem cada lugarzinho especial…

 

PRINCIPAIS ATRAÇÕES 

CATEDRAL DE SEVILHA: é considerada a maior igreja de estilo gótico que existe e o terceiro maior templo católico do mundo (com 11.520 metros quadrados, fica atrás apenas da nossa Basílica de Nossa Senhora Aparecida e da Basílica de São Pedro do Vaticano). Declarada patrimônio da Humanidade em 1987, ela ocupa o lugar de uma antiga mesquita do Século XII. Além de diversos altares, capelas, sacristias e inúmeras obras de arte, a Catedral abriga, ainda, o túmulo de ninguém menos que Cristóvão Colombo!

DSC_0367
Imensa: assim é a Catedral de Sevilha!
DSC_0038
Conhecendo o interior da Catedral…
dsc_0058.jpg
Tesouros da Catedral
DSC_0017
Túmulo de Cristóvão Colombo

 

LA GIRALDA: Sevilha tem diversos monumentos marcantes e a Giralda, a torre da Catedral, é um deles! É uma das heranças deixadas pelos árabes que por muito tempo dominaram a região, um antigo minarete (=torre de uma mesquita) transformado em campanário (onde fica o sino de uma igreja). Considerada um dos grandes símbolos da cidade, possui 104 metros de altura. Para chegar ao seu topo você vai precisar de muito fôlego! A boa notícia é que são 35 rampas, ao invés de escadas. A bela vista da cidade compensa, te garanto!

dsc_0094.jpg
A impressionante Giralda!!!
DSC_0089
O acesso à Giralda pode ser feito durante a visita à Catedral ou não (existe uma entrada independente que abre todos os dias e custa 8 euros)
DSC_0064
Subindo as rampas da Giralda (haja fôlego!)
DSC_0081
Vendo Sevilha do alto
DSC_0077
Que vista!

 

REAL ALCÁZAR: quem curte Game of Thrones com certeza já viu esse lugar, que é um conjunto de construções, com diversos palácios e imensos jardins, e que já foi cenário da cultuada série de tv. Misturando detalhes árabes com renascentistas, é um dos palácios mais antigos do mundo ainda em uso, já que é a morada da família real espanhola quando ela visita a capital da Andaluzia. Um verdadeiro tesouro arquitetônico!

DSC_0454DSC_0410

20171224_102436.jpg

DSC_0482

DSC_0477DSC_0483DSC_0490

PLAZA DE ESPAÑA: essa praça é cinematográfica!!! O local já serviu de locação de duas grandes super produções: “Star Wars II: A Guerra dos Clones” e “Lawrence da Arábia”. Construída para a Exposição Ibero-americana de 1929, ela é hoje em dia um dos locais mais emblemáticos da cidade. Como toda boa praça que se preze, é cheia de manifestações culturais (músicas e até espetáculos de flamenco de rua). Estando por lá é possível alugar charrete e até um barquinho pra andar pelo lago que a rodeia.

DSC_0276.JPG

DSC_0277
Aluguel de barquinhos
DSC_0663
Olha que interessante: a praça possui esses bancos, sendo que cada um homenageia uma cidade espanhola diferente!
DSC_0263
Flamenco na praça!

 

PARQUE MARIA LUÍSA: em frente à Plaza de España fica esse grande parque repleto de cantinhos especiais e muita natureza! É possível alugar e percorrer seus caminhos de charretes e bicicletas e visitar dois museus por lá (Museu de Artes e Costumes Populares e o Museu Arqueológico).

DSC_0317DSC_0310DSC_0308DSC_0318

TORRE DEL ORO: no meio da paisagem, à beira do rio Guadalquivir, a Torre del Oro impressiona e encanta quem visita Sevilha. É outro grande símbolo da cidade! Construída no século XIII, juntamente com o muro que protegia a cidade, já serviu de depósito das riquezas que chegavam das colônias espanholas e até prisão. Desde 1944 seu interior abriga um pequeno museu naval.

DSC_0105.JPG
A Torre del Oro não passa desapercebida!
DSC_0228
Sevilha vista da Torre
DSC_0221
Museu Naval

 

PLAZA DE TOROS REAL MAESTRANZA DE CABALLERÍA DE SEVILLA: é assim que se chama a Plaza de Toros da capital da Andaluzia! Inaugurada em 1881, ela é uma das mais antigas do mundo em atividade. De arquitetura barroca, fica localizada de frente ao rio e próximo à Torre del Oro. Abre diariamente, com visitas guiadas de meia hora. Destaque para o museu que abriga diversas relíquias sobre a tauromaquia, essa expressão cultural tão viva no sul da Espanha.

_SAM5514

DSC_0031DSC_0072DSC_0048

DSC_0063.JPG

METROSOL PARASOL: esse modernoso monumento, que se sobressai dentre tantos prédios antigos da cidade, é conhecido entre os sevilhanos como Las Setas (=cogumelos). É uma obra recente, de 2011, que foi criada pelo arquiteto alemão Jürgen Mayer-Hermann e que é considerada a maior construção de madeira do mundo. Fica na Plaza de la Encarnación e abriga um mercado, um museu, restaurantes e, no seu topo, tem um mirador maravilhoso pra ver a cidade do alto.

DSC_0505DSC_0519DSC_0531DSC_0511

ATRAÇÕES ALÉM DO ÓBVIO!

MUSEU ARQUIVO GERAL DAS ÍNDIAS: esse museu fica localizado no prédio em que antes funcionava a Casa de Contratação dos que iam trabalhar nas antigas colônias espanholas e reúne inúmeros documentos dessa época, inclusive o nosso conhecidíssimo Tratado de Tordesilhas, na sua versão original. O melhor de tudo é que sua entrada é grátis! Mas, mesmo se assim não fosse ,valeria a visita!

20171227_113037DSC_0026

DSC_0027
Arquivos importantes da época das Grandes Navegações
tordesilhas04
Tratado de Tordesilhas (1494): o documento que dividiu entre Portugal e Espanha as terras descobertas na América

 

JARDINS DE MURILLO: área verde que fica bem próxima ao REAL ALCAZÁR, no bairro de Santa Cruz, perfeita para descansar ou para um passeio despretensioso. Além de muita natureza, abriga um parquinho para crianças, esculturas, construções antigas e um enorme monumento em homenagem a Cristóvão Colombo. Ah, o lugar tem esse nome por ficar próximo à casa em que vivia o famoso pintor espanhol Bartolomeu Esteban Murillo.

DSC_0063
Sossego e muito verde
DSC_0060
Monumento em homenagem ao grande navegador e descobridor das Américas: Cristóvão Colombo

DSC_0059

CASA DE PILATOS: esse antigo palácio do século XV muito bem representa como viviam os nobres da época áurea da cidade. Mescla os estilos renascentista (italiano) com o mudéjar (que é típico da Andaluzia e de influência árabe).

DSC_0087
A Casa de Pilatos não é uma simples casa…
DSC_0093
Um típico pátio andaluz

DSC_0100

20171227_142649
Fragmentos de arte romana
DSC_0131
Arte mudéjar pra ver e se encantar!
DSC_0114
Renascentismos…
DSC_0109.JPG
O maravilhoso jardim do Palácio!

 

CASTELO SÃO JORGE: Sevilha tem um lado triste na sua história e o Castelo de São Jorge tá aí pra não deixar ninguém esquecer disso! A cidade foi a primeira sede da temível e terrível Inquisição Espanhola, que a partir de 1478 julgou, puniu e executou milhares de pessoas consideradas contrárias à fé católica. O Castelo de São Jorge foi usado como prisão e quartel general da instituição, mas desde 2009 a Prefeitura da cidade inaugurou no local uma exposição permanente sobre a Inquisição. Emocionante estar ali com meus filhos e poder falar e mostrar para eles as consequências da intolerância.

DSC_0138DSC_0120DSC_0118DSC_0111

20171219_172023
Logo ao lado do Castelo fica o Callejon de la Inquisicion, pequeno beco em que circulavam soldados e prisioneiros na época da Inquisição

 

PALÁCIO MARQUESES DE LA ALGABA: palácio construído entre os séculos XV e XVI e que abriga hoje em dia o Centro de Arte Mudéjar de Sevilha. Entrada grátis!

DSC_0175DSC_0193DSC_0202DSC_0208

 

IGREJA DE SAN LUIS DE LOS FRANCESES: Sevilha tem inúmeras igrejas, uma mais linda que a outra e essa foi uma das que mais nos encantou! Um tesouro barroco do século XVIII, localizado no Bairro de la Macarena.

DSC_0352DSC_0328

dsc_0332.jpg
Uma cúpula que faz qualquer um suspirar!

 

DSC_0349
A igreja é cheia desses frescos impressionantes!

 

DSC_0340
É possível visitar a cripta da igreja (que é super bem conservada)
UNIVERSIDADE DE SEVILHA:  num prédio lindo do século XVIII, em que antigamente funcionava a Real Fábrica de Tabacos (a primeira fábrica do tipo que se instalou na Europa), fica essa que é atualmente a terceira maior universidade espanhola.
DSC_0046DSC_0042
 BAIRROS IMPERDÍVEIS

BAIRRO TRIANA: do outro lado do rio Guadalquivir fica Triana, o bairro que é a alma de Sevilha! Foi nessa tradicional região que nasceram famosos toureiros e cantores e dançarinas de Flamenco. Além de sua boêmia, noite agitada e ótimas opções gastronômicas, Triana ainda é conhecida como um importante centro ceramista. Não deixe de visitar seu mercado, a Calle Betis, cruzar a Puente Isabel II e ter a maravilhosa visão da cidade dali.

DSC_0045
Triana e suas construções típicas
DSC_0135
Atravessar a Puente Isabel II, também conhecida como “Puente Triana”, é uma das formas de chegar nesse mítico bairro sevilhano
DSC_0173
Calle Betis, de frente pro rio, uma das principais ruas do bairro

DSC_0172.JPG

DSC_0152-EFFECTS

DSC_0153
Sevilha é ainda mais interessante vista de Triana!
20171231_142433.jpg
Na Plaza del Altozano, uma homenagem aos toureiros, os famosos moradores do bairro

 

BAIRRO SANTA CRUZ: é um dos queridinhos dos turistas e não é pra menos! É um antigo bairro judeu cheio de ruelas estreitas, construções antigas, prédios típicos sevilhanos e muitas lojinhas, hotéis, restaurantes e bares de tapas. Lotado e cheio de vida!

DSC_0072DSC_0080DSC_0075DSC_0066

 

BAIRRO DE LA MACARENA: esse bairro fica em uma das partes mais antigas de Sevilha, tanto que nele é possível ver um pedaço da muralha que cercava a cidade no passado e o seu conservadíssimo Arco de entrada. Não é muito turístico, é frequentado por locais e possui preciosidades como o Mercado de Feria e a Basílica de La Macarena (1949).

 

DSC_0138
Calle Feria e seu mercado
DSC_0324
Pelas ruas do bairro…
DSC_0319
Agitação e boêmia atrás do Mercado de Feria
DSC_0158
Arco de la Macarena, a antiga porta de entrada da cidade
dsc_0150.jpg
Basílica de La Macarena
DSC_0155
Interior da Basílica
DSC_0554.JPG
La Virgen de la Macarena

 

 

 

 

2 comentários em “O que fazer em SEVILHA: guia de atrações e lugarzinhos imperdíveis

  1. Sevilha aparenta ser uma cidade que valoriza muito a sua história e não se faz cair no esquecimento o impacto que ela teve na composiçao do seu povo. Aqui no Brasil temos o hábito de esquecer o bom e o ruim mas parece que o povo espanhol não. Parabéns, Sevilha!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Essa história de valorizar seu passado é tão levada a sério por lá que em algumas casa vc passa e lê uma plaquinha (um.axulejo colado na parede) dizendo que lá morou fulano de tal e contando a história de vida da pessoa. Ou nas paredes da rua falando o que de relevante aconteceu naquele lugar. Incrível

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s